REUNIÕES DA CÂMARA MUNICIPAL



Lei nº 75/2013 de 12 de Setembro – Regime Jurídico das Autarquias Locais


Artigo 40.º - Periodicidade das reuniões

1 - A câmara municipal tem uma reunião ordinária semanal, ou quinzenal, se o julgar conveniente, e reuniões extraordinárias sempre que necessário.

2 - As reuniões ordinárias da câmara municipal devem ter lugar em dia e hora certos, cuja marcação é objeto de deliberação na sua primeira reunião.

3 - A deliberação prevista no número anterior é objeto de publicitação por edital e deve constar em permanência no sítio da Internet do município, considerando-se convocados todos os membros da câmara municipal.

4 - Quaisquer alterações ao dia e hora objeto da deliberação prevista no n.º 2 devem ser devidamente justificadas e comunicadas a todos os membros do órgão com, pelo menos, três dias de antecedência e por protocolo.


Artigo 41.º - Convocação das reuniões extraordinárias


1 - As reuniões extraordinárias podem ser convocadas por iniciativa do presidente da câmara municipal ou após requerimento de, pelo menos, um terço dos respetivos membros.

2 - As reuniões extraordinárias são convocadas com, pelo menos, dois dias de antecedência por protocolo, aplicando-se, com as devidas adaptações, o disposto no n.º 3 do artigo anterior.

3 - O presidente da câmara municipal convoca a reunião para um dos oito dias subsequentes à receção do requerimento previsto no n.º 1.

4 - Quando o presidente da câmara municipal não efetue a convocação que lhe tenha sido requerida ou não o faça nos termos do número anterior, podem os requerentes efetuá-la diretamente, aplicando-se, com as devidas adaptações, o disposto no número anterior e publicitando a convocação nos locais habituais.


Artigo 57.º - Atas


1 - De cada sessão ou reunião é lavrada ata, a qual contém um resumo do que de essencial nela se tiver passado, indicando, designadamente, a data e o local da sessão ou reunião, os membros presentes e ausentes, os assuntos apreciados, as decisões e deliberações tomadas e a forma e o resultado das respetivas votações e, bem assim, o facto de a ata ter sido lida e aprovada.

2 - As atas são lavradas, sempre que possível, por trabalhador da autarquia local designado para o efeito e são postas à aprovação de todos os membros no final da respetiva sessão ou reunião ou no início da seguinte, sendo assinadas, após aprovação, pelo presidente e por quem as lavrou.

3 - As atas ou o texto das deliberações mais importantes podem ser aprovadas em minuta, no final das sessões ou reuniões, desde que tal seja deliberado pela maioria dos membros presentes, sendo assinadas, após aprovação, pelo presidente e por quem as lavrou.

4 - As deliberações dos órgãos só adquirem eficácia depois de aprovadas e assinadas as respetivas atas ou depois de assinadas as minutas, nos termos dos números anteriores.


Regimento

(Em atualização)


Periocidade


Para o Mandato 2013-2017 a Câmara Municipal de Óbidos deliberou que as reuniões serão realizadas quinzenalmente, às sextas-feiras, ou no dia útil imediatamente a seguir, caso esse dia seja feriado, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Câmara Municipal com início às 14:30 horas. As reuniões públicas estão definidas e publicadas em edital


Edital - Reuniões Públicas 2017 (mandato 2017-2021)
Edital - Reuniões Públicas 2017
Edital - Reuniões Públicas 2016

Edital - Reuniões Públicas 2015

Edital - Reuniões Públicas 2014

Edital - Reuniões Públicas 2013 (mandato 2013-2017)

Edital - Reuniões Públicas 2013

Edital - Reuniões Públicas 2012

Edital - Reuniões Públicas 2011

Edital - Reuniões Públicas 2010


» Agenda de Reuniões de Câmara (Editais/Atas/Deliberações)
     
   

Print Friendly and PDF